Dez 20


Prestes a encerrarmos o ano de 2018, ano que o movimento sindical encontrou as maiores dificuldades após o regime militar de 1964 com perdas de direitos e transformações com criações de novas modalidades de contrato de trabalho, que com certeza precarizou a mão de obra e salários.
Lutamos contra a implantação de uma Reforma Trabalhista, onde o governo anunciava que se aprovada iria gerar milhões de empregos, após um ano de sua vigência podemos constatar que não surtiu efeito algum, e sim atendeu apenas os interesses dos grandes empresários. Isso demonstra que o movimento sindical estava correto, quando foi às ruas manifestar-se contrário sua aprovação, mas infelizmente não conseguimos trazer os trabalhadores naquele momento pra luta, talvez iludidos pela mídia de que o movimento sindical estava na rua pra defender o imposto sindical.
Por outro lado as entidades sindicais terão que se reestruturar para enfrentar os desafios que estão por vir com as proposta do novo governo que assume o comando do país já prometendo tirar mais direitos, aliás, se elegeu fazendo campanha dizendo isso "O Trabalhadores vão ter que escolher entre Direitos ou Emprego"!! Mas enfim, foi eleito e, diga-se de passagem, com votos de trabalhadores, infelizmente.
No início do próximo ano já teremos uma grande Luta a ser travada, dessa vez contra a proposta da reforma da previdência social. O encerramento do Ministério do Trabalho e Emprego, um órgão que sempre atendeu as denúncias tanto dos Sindicatos, bem como dos trabalhadores que lá individualmente recorriam para denunciar práticas anti-trabalhistas praticadas por empresários mal intencionados.
Não bastasse isso, o futuro Presidente diz que vai aproximar ainda mais as Leis Trabalhistas da informalidade, portanto o que esperar desse governo?
Portanto teremos que ser criativos e unir forças para continuar a luta em defesa dos trabalhadores. Por outro lado os trabalhadores também terão que assumir um papel fundamental para o enfrentamento desses desafios. Teremos que conscientizá-los ainda mais para que se unam em torno do Sindicato, porque somente com a união venceremos os desafios.

escrito por jorge

0 Comentários


Clique aqui para registrar-se