Out 22


Aproveitando a oportunidade da presença das Companheiras na Assembleia realizada na última sexta feira foi possível estar conscientizando tanto as mulheres e os homens presentes sobre a prevenção do câncer de mama, que, aliás, pode atingir os homens também.
Sueli Reis ressalta que a doença é perigosa, mas que se diagnosticada imediatamente tem cura, por isso chama a atenção de todos que consultem um médico especialista periodicamente.

escrito por jorge

Out 15
Os trabalhadores gráficos da empresa Valid Sol, uma multinacional que presta serviço no Poupa Tempo e Ciretrans de todo o Estado de São Paulo receberão juntamente com o pagamento do mês de março do próximo ano o valor equivalente a um salário nominal.

escrito por jorge

Out 10

Outubro, mês de conscientização para um problema que acomete as mulheres: o câncer de mama. A luta das mulheres é contra a doença, mas também com o preconceito e a possibilidade de um tratamento digno, porém poucas sabem os direitos garantidos pela Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT).
Entre os benefícios disponíveis às portadoras da doença estão o recebimento de medicamentos de alto custo, saque do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e do PIS/Pasep, cirurgia reconstrutiva mamária, auxílio-doença e isenção de Imposto de Renda.
Outros direitos, menos comuns, são os de acréscimos de 25% na aposentadoria; destinados a casos em que a trabalhadora necessite de cuidados permanentes de outra pessoa. Também há a aposentadoria por invalidez, que também tem o direito a um acréscimo de 25% no valor do benefício. O valor adicional é pago pelo Instituto Nacional de Seguro Social (INSS) de forma vitalícia.
Veja lista de benefícios:
• Iniciar o tratamento em até 60 dias;
• Auxílio-doença;
• Saque do FGTS e PIS/Pasep;
• Cirurgia reconstrutiva mamária;
• Isenção de Imposto de Renda;
• Isenção do IPVA;
• Acréscimo de 25% na aposentadoria;
• Aposentadoria por invalidez;
• Benefício de Prestação Continuada;
• Tratamento gratuito;
• Tratamento Fora de Domicílio (TFD);
• Recebimento de medicamentos de alto custo;
• Laudo médico para afastamento do trabalho.
Fonte: G1 AP

escrito por jorge

Out 10

Sergio Pardal Freudenthal
Uma das maiores maldades na reforma que ocorreu na legislação trabalhista é o tal contrato intermitente de trabalho. O sujeito fica à disposição do patrão e ganha especificamente apenas sobre o que trabalhou. Este blogueiro nem vai se intrometer em seara alheia, sobre os absurdos que as alterações trabalhistas fizeram, mas para a nossa Previdência Social e os mais necessitados é a mais pura perversidade.
Em que categoria dos segurados obrigatórios do INSS fica este "trabalhador intermitente"? É empregado? Ou é avulso? Será contribuinte individual? Parece que a regulamentação previdenciária vai demorar bastante para ser elaborada. Esperamos que nem dê tempo...
A grande dúvida suscitada é como ficará este segurado quando seu "salário mensal" nem chega ao salário mínimo? E a resposta do INSS é simples: não conta como tempo de contribuição. Isto quer dizer que o trabalhador, além de sobreviver com menos de um salário mínimo naquele mês infeliz, fica sem qualquer cobertura do Seguro Social.
Sem qualquer garantia de direitos, a opção mais viável será sempre a informalidade, sem contribuir para a Previdência Social. É o que parece querer o atual desgoverno.

escrito por jorge

Out 01
Mais uma vez lançamos a Campanha do Outubro Rosa chamando a atenção das Companheiras para a gravidade da doença e a necessidade de acompanhamento médico e preventivo.
O Câncer de mama é mais comum entre as mulheres no mundo e no Brasil, respondendo por cerca de 25% dos casos novos a cada ano. O câncer de mama também acomete homens, porém é raro, representando apenas 1% do total de casos da doença.
Relativamente raro antes dos 35 anos, acima desta idade sua incidência cresce progressivamente, especialmente após os 50 anos. Estatísticas indicam aumento da sua incidência tanto nos países desenvolvidos quanto nos em desenvolvimento. Existem vários tipos de câncer de mama. Alguns evoluem de forma rápida, outros, não. A maioria dos casos tem bom prognóstico.
Sintomas
O câncer de mama pode ser percebido em fases iniciais, na maioria dos casos, por meio de alguns sinais e sintomas. A principal manifestação da doença é o nódulo, fixo e geralmente indolor. O nódulo está presente em cerca de 90% dos casos quando o câncer é percebido pela própria mulher. Outros sinais e sintomas são: pele da mama avermelhada, retraída ou parecida com casca de laranja; alterações no bico do peito (mamilo); pequenos nódulos nas axilas ou no pescoço; e saída de líquido anormal das mamas.
Esses sinais e sintomas devem sempre ser investigados, porém podem estar relacionados a doenças benignas da mama.
A postura atenta das mulheres em relação à saúde das mamas, que significa conhecer o que é normal em seu corpo e quais as alterações consideradas suspeitas de câncer de mama, é fundamental para a detecção precoce dessa doença.
Quando deve ser realizada a mamografia?
Entre os 35 e 40 anos deverá ser feita a primeira mamografia, que servirá de base para avaliar as condições da mama e possibilitar exames comparativos futuros. Dos 40 aos 50 anos, a freqüência da mamografia deverá ser determinada pelo médico, de acordo com a inclusão da paciente no grupo de risco e/ou com as características da mama. Após os 50 anos, todas as mulheres devem se submeter ao exame de mamografia anualmente.
A Prevenção está em suas mãos,
TOQUE-SE!!!

escrito por jorge

Ir para a página  1 2 3 4 5 6 7 8 9 10  Última